8 de junho de 2013

:)





4 comentários:

  1. Que lindo é o Diogo...e que sorriso tão feliz tem ele sempre. Quanto às fotografias, já sabes, sempre maravilhosas e cheias de sensibilidade.

    1 beijo para ele e outro para ti:)

    ResponderEliminar
  2. Muita fofura, o Diogo é um modelo encantador.

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Caro Diogo,
    A lição de hoje é sobre masculinidade.

    Gajo que seja mesmo gajo, não se deita e levanta logo as pernas como uma "doida perdida". E também não anda para aí a chupar a torto e a direito. Não é algo bonito. Não é elegante.
    Gajo que é mesmo gajo, é como o teu pai. Que acusa os outros de "andarem feito uma florzinha", quando ele próprio é que anda atrás das florzinhas e cria com elas composições fotográficas todas catitas. Os outros é que ficam com a fama, mas ele é que fica com o proveito.
    Gajo que é mesmo gajo, é assim: Os outros estão cheios de defeitos, mas nunca admite que também os tem.
    :-)

    ResponderEliminar
  4. epá, aqui não tenho nada a dizer... vou-me embora. tratar das flores...

    ResponderEliminar

mimem o Diogo!