11 de novembro de 2013

diz que é uma espécie de farmville

Ao lado da nossa casa existe um terreno, grande, que anteriormente fazia parte da (nossa) residência e, apesar de hoje em dia não nos pertencer, (a nós dois), está ainda na família (açoriana). E este terreno dá ainda imenso jeito, pois dali vem quase tudo o que é usado nas sopas do Diogo, é também usado para passear a Sushi e também para fotografar. Além disso tem ainda uma espécie de "galinheiro" comunitário, pois nele coabitam galinhas, patos, coelhos e pombos e onde também o Diogo é um orgulhoso proprietário (são dele, mesmo!) de alguns exemplares destas espécies (os outros pertencem ao agricultor que cuida do terreno). Nesta tarde de sol fomos os quatro verificar como estavam de saúde os animais do Diogo. Isso e a horta também.
 











.: não, nem tudo é perfeito :.
 




 
 

11 comentários:

  1. Fiquei encantado com tudo que o Marco mostrou e relatou !
    Nada como viver fora da cidade !
    ( Mas não demasiado longe...)
    ODiogo qualquer dia já vai para ojardim infantil...
    Vai ser cá um D. Juan !...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vivemos fora da cidade mas apenas a 5 minutos de carro de Ponta Delgada :)

      Eliminar
  2. Pois... também faz sol nos Açores! E que lindos os nossos meninos - aproveitem bem a "farmville"!

    ResponderEliminar
  3. O Diogo tem a mesma sorte que eu tive, cresce rodeado de verde e muita bicharada. Vai ter a melhor infância do mundo.
    Amei as fotografias.

    ResponderEliminar
  4. Que inveja tenho eu de não viver num sitio assim tão bonita, longe dos blocos de cimento...
    O vosso Diogo está um docinho lindo, aliás, ele não está, ele é, sempre foi lindo. E a mamã dele também é muito bonita;)
    1 beijinho para toda a família

    ResponderEliminar
  5. Caro Diogo,
    A lição de hoje é sobre o contacto com a natureza.

    A tua mãe, para além de ser uma escrava do trabalho, também é uma "mula" (sem nenhum sentido pejorativo) de carga. Nas fotografias que aqui são publicadas (e como eu só vejo o que me é dado a conhecer, parto do principio que é sempre assim) 90% das vezes é ela que está contigo ao colo. O teu pai, mais uma vez, prefere ficar com trabalho leve.
    :-)

    Sou um forte adepto desta ideia de contacto com a natureza. Do contacto com os animais. De cultivar o que se come.
    Nos dias que correm, diria que tu és um sortudo. Aproveita enquanto podes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. alguém tem de fotografar como deve ser!

      Eliminar
    2. Estás a querer insinuar que a mãe não fotografa como deve ser?

      Eliminar

mimem o Diogo!