13 de setembro de 2013

No sotão

Hoje passámos uma pouco da tarde na parte de cima da casa, no sótão. Ou como se diz aqui nos Açores: Na falsa.
A luz é terrível para fotografar mas o Diogo entretém-se sempre muito neste espaço. Nem que seja a desarrumar...
 
 












7 comentários:

  1. Parece redundância, pois sempre digo as mesmas coisas, mas esse garotão está cada dia mias lindo.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  2. Que aconchego de lar.
    O Diogo é um borracho e as fotografias estão encantadoras.

    ResponderEliminar
  3. adoro o sótão e se ele se diverte nesse cantinho é o mais importante..o importante é desfrutar dos bons momentos :)

    ResponderEliminar
  4. Sótão!! Falsa!!! Caramba, o que me lembro de sótãos e falsas é andar às cabeçadas neles, tudo muito escuro e apertado... vocês têm um espaço fantástico!!

    ResponderEliminar
  5. Caro Diogo,
    A lição de hoje é sobre gente rica e gente pobre.

    As pessoas pobres, que precisam de trabalhar para ganhar dinheiro para poder viver, nem sempre possuem o tempo para fazer tudo o que pretendem. Como enquadro-me nesta categoria de pessoas, por isso é que o meu último comentário neste blogue, já foi há mais de dois meses. Não tenho tempo para tudo.
    Por outro lado, as pessoas ricas como os teus pais, possuem todo o tempo do mundo. Possuem sempre tempo para andar a tirar fotografias e que até possuem uma casa com sótão. Mas que de sotão não tem nada. Já que para as pessoas normais, um sotão é onde fica guardado as quinquilharias. E neste, é mais uma sala de estar que outra coisa.

    Mas o que interessa, é que estás a fazer um bom serviço. Continua a desarrumar a grande velocidade, que estás a fazer muito bem. Apoio-te a 100%.
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mas eu aposto que tu comentas os blogs enquanto estás no trabalho!! ;) Ricos, nós... pois, pois...

      Eliminar

mimem o Diogo!